25 April 2011

15 Perigos para seu Gato!!


1) No veterinário, antes de tirar o gato da gaiola, feche todas as portas e janelas.


2) Nem mesmo gatos habituados a viajar de carro devem ser deixados fora da gaiola. Ao abrir uma porta ou janela, o gato pode escapar por susto ou por ver alguma coisa que se mova, do lado de fora, provocando o impulso de pegá-la.

3) Se seu gato tem acesso à garage, antes de sair com o carro, verifique se ele não está escondido em cima da roda, lugar que os gatos adoram.

4) Forno, geladeira, máquina de lavar, etc, devem ser inspecionados antes de fechar a porta. Gatos entram rapidamente, até mesmo enquanto a porta se fecha.

5) Gavetas: não basta olhar para ver se o gato entrou nela enquanto estava aberta. Há gavetas abertas no fundo até a metade e os gatos adoram se enfiar atrás da gaveta, correndo o risco de serem esmagados quando você empurra a gaveta.

6) Sacos plásticos são conhecidos pelo perigo da asfixia, mas sacos de papel podem ser perigosíssimos se deixados em cima de mesas: o gato entra, começa a se virar lá dentro e o saco cai no chão deixando graves fraturas de saldo. Igualmente perigosas são as quedas do cantinho da cama, quando o gato cai dormindo e não consegue fazer o giro do corpo.

7) Gatos só caem em pé na queda livre e mesmo assim, é necessário que estejam com perfeito funcionamento dos órgãos responsáveis pelo giro do corpo. Nunca faça com seu gato a brincadeira estúpida de segurar pelos pés e largá-lo do alto, para mostrar aos amigos que o gato cai sempre em pé.

8) Lugar de bicho é dentro de casa, ou em jardim fechado. Bicho na rua é bicho atropelado. Faça no seu jardim uma parte cercada e coberta por tela, onde seu gato possa estar, sem o perigo de ir para fora.

9) Um dos lugares mais perigosos para um gato é em baixo das cobertas. Você chega cansado, despenca na cama e não nota que aquele bolinho é seu gato.

10) Injeções para não entrar no cio são cancerígenas. Se sua gata sai na rua, castrar é a melhor solução; se você tem gatos, castre-os ou mantenha-os separados das fêmeas, pois a castração do macho é mais simples e mais barata.

11) Quem tem animais ou crianças em casa não pode ter soda cáustica ou similares em casa. Seu gato não vai comer a soda cáustica, mas pode se sujar naquele pó e se lamber, ingerindo o pior de todos os venenos.

12) Dentes constituem a mais elevada causa mortis de animais e humanos. A maioria dos humanos brasileiros morre de problemas cardíacos que têm origem nas bactérias que se desenvolvem em dentes doentes. O mesmo acontece a cães e gatos; é necessário levar seu gato ao veterinário se ele começa a ter dificuldade para comer, se mastiga meio torto, ou deixa a comida cair. Mesmo perdendo todos os dentes, o gato continua a se alimentar dos seus biscoitinhos, que ele engole sem mastigar e vive muito bem desdentado.

13) Anestesia pode matar humanos e seus animais. Evite anestesias desnecessárias. Há quem anestesie o gato para dar banho. Melhor sujo e vivo, do que morto limpinho.

14) Piscinas ou tanques devem estar cheios até a borda. Gatos são excelentes nadadores, mas se o gato cair e o nível da água estiver baixo, não terá como sair.

15) Janelas e sacadas elevadas devem ser protegidas por redes, como aquelas que se usam para crianças. Gatos são dotados de excelente senso de equilíbrio, porém, basta que passe fora uma borboletinha e eles pulam atrás, esquecendo-se do andar em que se encontram.

Colaborou: Rocky Gadelha

Respeite a Natureza!


Respeite a Vida!


Respeite os Animais!


Respeite os Gatos!!!




.