04 May 2010

Segure em Minha Mao



A área originária da lontra marinha abrangia toda a costa pacífica setentrional, desde o México até o Japão, passando pelos US, Canadá, Alaska e Sibéria.


Um animal muito inteligente, a lontra marinha vive nas florestas de algas que sobem do fundo do Pacífico e se enrola nas algas enquanto dorme, para não ser levada pela correnteza para o alto mar. Mergulha e apanha moluscos, ouriços do mar ou crustáceos, que coloca sobre a barriga e bate com uma pedra para que se rompa a casca. Além do homem e do chimpanzé, é o único mamífero a usar um instrumento. Também, como esses dois animais, só a lontra se acasala deitada, com as barrigas encostando. Vive sempre no mar, só vindo para a praia por ocasião do nascimento dos filhos.

Por causa da pele, a lontra marinha foi quase extinta. Os caçadores usavam um truque: para capturarem a lontra, tiravam o filhote, que começava a chorar. A lontra então se entregava na esperança de salvá-lo e o filhote era abandonado à sua sorte.

Chegou a ser considerada extinta no início do Sec XX, quando foi descoberta uma pequena colônia em uma ilha, na California. Severamente protegida, a lontra começou a estender sua área, voltando a colonizar a costa americana, depois apareceu no México, no Canadá, Alaska e recentemente foi encontrada na costa siberiana, tendo voltado ao Continente Asiático.

Com o desaparecimento da lontra de diversas regiões, os ouriços do mar começaram a proliferar e destruíram a vegetação de algas gigantes, reduzindo a população de moluscos que delas dependiam para a sobrevivência. Esses moluscos eram pescados pelos homens, que viram a necessidade de reintroduzir as lontras marinhas no seu habitat, para controlar a população de ouriços.

Alguns pescadores imbecis continuaram dando caça à lontra, acusando-as de rasgar as suas redes, mas as velhas flácidas não usam mais as suas peles para atrair gigolôs, nem as putinhas as recebem mais como presente do patrão barrigudo.

Atualmente, a lontra está saindo da lista das espécies em perigo de extinção e pode ser até mesmo encontrada em zoológicos.
 
Respeite a Natureza!
 
Respeite os Animais!
 
 
.